A GLOBALIZAÇÃO, AS ORGANIZAÇÕES E AS PESSOAS

Autor(es): 
Márcio Macêdo Almeida - Orientador: Profº Fábio Gallo Garcia
Ano: 
1996

[INTRODUÇÃO] A pesquisa realizada teve como foco a comparação da competitividade do Brasil e do Canadá na indústria de alumínio diante da globalização e as transformações que estão ocorrendo nas empresas do mesmo setor devido a esse processo. [METODOLOGIA] A pesquisa se divide em duas fases: na primeira, houve uma extensa pesquisa bibliográfica em artigos brasileiros, americanos e canadenses; na segunda parte, houve uma série de entrevistas de caráter qualitativo em empresas e organizações localizadas em São Paulo e na região de Sanguenay-LacSt.Jean, Quebec, no Canadá. [RESULTADOS] Na primeira parte do trabalho, foi realizada pesquisa bibliográfica tendo em vista o embasamento teórico, na qual se descreve o "status quo" e a globalização, além da sua influência em questões como a regionalização, os países, as organizações, o trabalho etc. Da pesquisa bibliográfica pôde-se realizar uma análise comparativa do Brasil e do Canadá diante da globalização. Este estudo também baseou-se em algumas entrevistas e observações locais, formando a segunda parte deste trabalho. Examinaram-se os dois países baseado em cinco aspectos: o grau de abertura econômica, a estrutura de ensino e o capital humano, a infra-estrutura de logística, as variáveis naturais (potencial hidroelétrico, reservas minerais etc.) e a concentração de multinacionais. Na terceira parte, estudando a influência da globalização nas empresas, foram realizadas entrevistas e observações em diversas companhias, tanto no Canadá como no Brasil, permitindo a observação das diversas mudanças provocadas ou aceleradas pelo processo de união dos mercados. [CONCLUSÃO] Na comparação entre o Canadá e o Brasil, observou-se uma grande inferioridade do país sul-americano quanto às variáveis criadas (aquelas que dependem dos investimentos dos países), principalmente no que tange à educação e infra-estrutura, que se tomam cada vez mais importantes diante da nova realidade. O Canadá demonstrou uma grande capacidade de competir no setor, mobilizando parte significativa da sociedade de Sanguenay-LacSt.Jean na busca de estar sempre entre os melhores na indústria de alumínio. Na análise das empresas do setor de alumínio, observou-se que a globalização está causando profundas mudanças nas estratégias das companhias pesquisadas. Essas mudanças estão baseadas no conceito de organização composta de diversas "business units" (unidades de negócio).

Departamento: 
CFC

Para ter acesso aos relatórios completos, entre em contato com o GVpesquisa, indicando o título do relatório e o ano de publicação.

1118 leituras

                                                                                                                                                                 

Educação Executiva Presencial, Customizada e a Distância